CURIA
rss
pesquisa avançada
Apresentação dos membros

Marc Jaeger
Marc Jaeger

Nascido em 1954; licenciado em Direito pela Universidade Robert Schuman de Estrasburgo; estudos no Colégio da Europa; inscrito na Ordem dos Advogados do Luxemburgo (1981); assessor de justiça, delegado junto do Procurador-Geral do Luxemburgo (1983); juiz do Tribunal d'arrondissement do Luxemburgo (1984); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1986-1996); presidente do Instituto Universitário Internacional do Luxemburgo (IUIL); juiz no Tribunal Geral desde 11 de julho de 1996; presidente do Tribunal Geral desde 17 de setembro de 2007.

Marc van der Woude
Marc van der Woude

Nascido em 1960; licenciado em Direito (Universidade de Groningen, 1983); estudos no Colégio da Europa (1983-1984); assistente no Colégio da Europa (1984-1986); regente na Universidade de Leiden (1986-1987); administrador na Direção Geral da Concorrência da Comissão das Comunidades Europeias (1987-1989); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1989-1992); coordenador político na Direção Geral da Concorrência da Comissão das Comunidades Europeias (1992-1993); membro do serviço jurídico da Comissão das Comunidades Europeias (1993-1995); advogado no foro de Bruxelas desde 1995; professor na Universidade Erasmo de Roterdão desde 2000; autor de numerosas publicações; juiz no Tribunal Geral desde 13 de setembro de 2010; vice-presidente do Tribunal Geral desde 20 de setembro de 2016.

Irena Pelikánová
Irena Pelikánová

Nascida em 1949; doutora em Direito, assistente em Direito Económico (até 1989) e, seguidamente, doutora em Ciências, professora de Direito Comercial (desde 1993) da Faculdade de Direito da Universidade Charles, em Praga; membro do órgão dirigente da Comissão de Valores Mobiliários (1999-2002); advogada; membro do Conselho Legislativo do Governo checo (1998-2004); juíza no Tribunal Geral desde 12 de maio de 2004.

Miro Prek
Miro Prek

Nascido em 1965; licenciado em Direito (1989); inscrição na Ordem dos Advogados (1994); diversas tarefas e funções na administração pública, principalmente no gabinete governamental responsável pela legislação (secretário de Estado adjunto e subdiretor, chefe do Departamento de Direito Europeu e de Direito Comparado) e no Gabinete para os Assuntos Europeus (subsecretário de Estado); membro da equipa de negociação para o Acordo de Associação (1994-1996) e para a adesão à União Europeia (1998-2003), responsável pelos assuntos jurídicos; advogado; responsável pelos projetos para a adaptação à legislação europeia e para a integração europeia, principalmente na região ocidental dos Balcãs; chefe de divisão no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (2004-2006); juiz no Tribunal Geral desde 7 de outubro de 2006.

Sten Frimodt Nielsen
Sten Frimodt Nielsen

Nascido em 1963; licenciado em Direito, Universidade de Copenhaga (1988); funcionário do Ministério dos Negócios Estrangeiros (1988-1991); encarregado de curso de Direito Internacional e de Direito Europeu na Universidade de Copenhaga (1988-1991); secretário da embaixada da Representação Permanente da Dinamarca junto das Nações Unidas em Nova Iorque (1991-1994); funcionário do serviço jurídico do Ministério dos Negócios Estrangeiros (1994-1995); professor associado na Universidade de Copenhaga (1995); conselheiro e, em seguida, conselheiro principal junto do primeiro-ministro (1995-1998); ministro-conselheiro junto da Representação Permanente da Dinamarca junto da União Europeia (1998-2001); conselheiro especial junto do primeiro-ministro para questões jurídicas (2001-2002); chefe de departamento e jurisconsulto junto do primeiro-ministro (março de 2002 - julho de 2004); subsecretário de Estado e jurisconsulto junto do primeiro-ministro (agosto de 2004 - agosto de 2007); juiz no Tribunal Geral desde 17 de setembro de 2007.

Heikki Kanninen
Heikki Kanninen

Nascido em 1952; licenciado pela Escola de Altos Estudos Comerciais de Helsínquia e pela Faculdade de Direito da Universidade de Helsínquia; referendário no Tribunal Administrativo Supremo da Finlândia; secretário geral do Comité para a reforma da proteção jurídica na Administração Pública; administrador principal no Tribunal Administrativo Supremo; secretário-geral do Comité para a reforma do contencioso administrativo, consultor na Direção da Legislação do Ministério da Justiça; secretário-adjunto no Tribunal EFTA; referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias; juiz do Tribunal Administrativo Supremo (1998 2005); membro da comissão de recurso dos refugiados; vice presidente do Comité para o desenvolvimento das instituições judiciárias finlandesas; juiz no Tribunal da Função Pública de 6 de outubro de 2005 a 6 de outubro de 2009; juiz no Tribunal Geral desde 7 de outubro de 2009; vice-presidente do Tribunal Geral de 17 de setembro de 2013 a 19 de Setembro de 2016.

Dimitrios Gratsias
Dimitrios Gratsias

Nascido em 1957; licenciado em Direito pela Universidade de Atenas (1980); Diploma de Estudos Aprofundados em Direito Público da Universidade de Paris I, Panthéon Sorbonne (1981); certificado do Centro Universitário de Estudos Comunitários e Europeus (Universidade de Paris I) (1982); auditor no Conselho de Estado (1985-1992); juiz no Conselho de Estado (1992 2005); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1994-1996); membro associado do Tribunal Supremo especial da Grécia (1998 e 1999); conselheiro no Conselho de Estado (2005); membro do Tribunal especial em matéria de responsabilidade civil contra magistrados (2006); membro do Conselho Superior da Magistratura Administrativa (2008); inspetor dos tribunais administrativos (2009-2010); juiz no Tribunal Geral desde 25 de outubro de 2010.

Guido Berardis
Guido Berardis

Nascido em 1950; licenciado em Direito (Universidade de Roma, La Sapienza, 1973), diploma de Altos Estudos Europeus no Colégio da Europa (Bruges, 1974-1975); funcionário da Comissão das Comunidades Europeias (Direção «Assuntos Internacionais» da Direção-Geral da Agricultura, 1975-1976); membro do Serviço Jurídico da Comissão das Comunidades Europeias (1976-1991 e 1994-1995); representante do Serviço Jurídico da Comissão das Comunidades Europeias no Luxemburgo (1990-1991); referendário do juiz G. F. Mancini no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1991-1994); consultor jurídico dos membros da Comissão das Comunidades Europeias M. Monti (1995-1997) e F. Bolkestein (2000-2002); diretor da Direção «Política dos Contratos Públicos» (2002-2003), da Direção «Serviços, Propriedade Intelectual e Industrial, Meios de Comunicação Social e Proteção de Dados» (2003-2005) e da «Direção Serviços» (2005-2011) na Direção-Geral «Mercado Interno» da Comissão das Comunidades Europeias; consultor jurídico principal e diretor da Equipa «Justiça, liberdade e segurança, direito civil e direito penal» no Serviço Jurídico da Comissão Europeia (2011-2012); juiz no Tribunal Geral desde 17 de setembro de 2012.

Vesna Tomljenović
Vesna Tomljenović

Nascida em 1956; diplomada pela Universidade de Rijeka (mestrado, 1979) e pela Universidade de Zagreb (LL.M., 1984; doutoramento em Direito, 1996); professora assistente (1980-1998), professora associada (2003-2009) e professora (2009-2013) da Faculdade de Direito da Universidade de Rijeka; professora assistente da Faculdade de Economia da Universidade de Rijeka (1990-2013); presidente da Associação Croata de Direito Comparado (2006-2013); juíza no Tribunal Geral desde 4 de julho de 2013.

Anthony Michael Collins
Anthony Michael Collins

Nascido em 1960; licenciado pelo Trinity College, Dublin (Ciencias Jurídicas) (1984) e pela Honourable Society of the King's Inns, Dublin (Barrister-at-Law) (1986); Bencher da Honourable Socitey of King's Inns (desde 2013); Barrister-at-Law (1986-1990 e 1997-2003) e Senior Counsel (2003-2013) na Ordem dos Advogados da Irlanda; referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1990-1997); diretor do Irish Centre for European Law (1997-2000), continuando a ser membro do seu Conselho de Administração; vice-presidente do Council of European National Youth Committees (1979-1981); secretário-Geral do Organising Bureau of European School Student Unions (1977-1984); secretário-Geral da Irish Union of School Students (1977-1979); vice-presidente internacional da Union of Students in Ireland (1982-1983); membro da Delegação Permanente do Council of Bars and Law Societies of Europe (CCBE) junto das jurisdições da União Europeia e da EFTA (2006-2013); juiz no Tribunal Geral desde 16 de setembro de 2013.

Stéphane Gervasoni
Stéphane Gervasoni

Nascido em 1967; licenciado pelo Institut d'études politiques de Grenoble (1988) e pela École nationale d'administration (1993); membro do Conseil d'État [juiz relator na Secção do Contencioso, 1993-1997) e membro da Secção Social (1996-1997)]; maître des requêtes no Conseil d'État (1996-2008); encarregado de curso no Institut d'études politiques de Paris (1993-1995); comissário do Governo junto da commission spéciale de cassation des pensions (1994-1996); consultor jurídico no Ministério da Função Pública e junto da cidade de Paris (1995-1997); secretário-geral da prefeitura do Departamento de Yonne, sub-prefeito do arrondissement d'Auxerre (1997-1999); secretário-geral da prefeitura do Departamento da Sabóia, sub-prefeito do arrondissement de Chambéry (1999-2001); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (2001-2005); membro titular da Comissão de Recursos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (2001-2005); juiz no Tribunal da Função Pública da União Europeia (2005-2011, presidente de Secção entre 2008 e 2011); conseiller d'État, adjunto do presidente da Oitava Secção da Secção do Contencioso (2011-2013); membro da Comissão de Recursos da Agência Espacial Europeia (2011-2013); juiz no Tribunal Geral desde 16 de setembro de 2013.

Ingrida Labucka
Ingrida Labucka

Nascida em 1963; diplomada em Direito pela Universidade da Letónia (1986); inspetora do Ministério do Interior para a região de Kirov e a cidade de Riga (1986-1989); juíza do Tribunal de Primeira Instância de Riga (1990-1994); advogada (1994-1998 e julho de 1999 a Maio de 2000); Ministra da Justiça (novembro de 1998 a julho de 1999 e maio de 2000 a outubro de 2002); membro do Tribunal Arbitral Internacional de Haia (2001-2004); membro do Parlamento (2002-2004); juíza no Tribunal Geral desde 12 de maio de 2004.

Savvas Papasavvas
Savvas Papasavvas

Nascido em 1969; estudos na Universidade de Atenas (Ptychion em 1991); estudos de terceiro ciclo na Universidade de Paris II (DEA em Direito Público em 1992) e na Universidade de Aix-Marseille III (grau de doutor em Direito em 1995); inscrito na Ordem dos Advogado de Chipre, membro da secção de Nicósia desde 1993; encarregado de cursos na Universidade de Chipre (1997-2002), conferencista em matéria de Direito Constitucional desde setembro de 2002; investigador do Centro Europeu de Direito Público (2001 2002); juiz no Tribunal Geral desde 12 de maio de 2004.

Alfred Dittrich
Alfred Dittrich

Nascido em 1950; licenciado em Direito pela Universidade de Erlangen Nuremberg (1970-1975); Rechtsreferendar no Tribunal Regional Superior de Nuremberga (1975-1978); administrador no Ministério Federal da Economia (1978-1982); administrador na Representação Permanente da República Federal da Alemanha junto das Comunidades Europeias (1982); administrador no Ministério Federal da Economia, responsável pelas questões de Direito Comunitário e de Concorrência (1983-1992); chefe do departamento «Direito da União Europeia» (1992-2007) no Ministério da Justiça; chefe da delegação alemã no grupo de trabalho «Tribunal de Justiça» do Conselho; agente do Governo Federal em numerosos processos no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias; juiz no Tribunal Geral desde 17 de setembro de 2007.

Juraj Schwarcz
Juraj Schwarcz

Nascido em 1952; Doutor em Direito (Universidade Comenius de Bratislava, 1979); jurista consultor de empresa (1975-1990); responsável pelo registo comercial junto do tribunal da comarca de Košice (1991); juiz no tribunal da comarca de Košice (janeiro - outubro de 1992); juiz e presidente de secção no tribunal regional de Košice (novembro de 1992-2009); juiz destacado no Tribunal Supremo da República Eslovaca, secção de direito comercial (outubro de 2004 - setembro de 2005); presidente do Colégio de Direito Comercial do tribunal regional de Košice (outubro de 2005 - setembro de 2009); membro externo do Departamento de Direito Comercial e Económico da Universidade P.J. Šafárik de Košice (1997-2009); membro externo do corpo docente da Academia Judiciária (2005-2009); juiz no Tribunal Geral desde 7 de outubro de 2009.

Mariyana Kancheva
Mariyana Kancheva

Nascida em 1958; licenciada em Direito pela Universidade de Sófia; master complementar em Direito Europeu no Institut d'études européennes da Université libre de Bruxelles; especializações em Direito Económico e em Direito da Propriedade Intelectual; juiz estagiário no Tribunal Regional de Sófia (1985-1986); consultora jurídica (1986-1988); advogada na Ordem dos Advogados de Sófia (1988-1992); diretora geral do Departamento dos Serviços do Corpo Diplomático do Ministério dos Negócios Estrangeiros (1992-1994); exercício da profissão de advogada em Sófia (1994-2011) e em Bruxelas (2007-2011); árbitro em Sófia no âmbito da resolução de litígios comerciais; participação na redação de diversos diplomas legislativos na qualidade de consultora jurídica no Parlamento búlgaro; juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2011.

Eugène Buttigieg
Eugène Buttigieg

Nascido em 1961; doutor em Direito da Universidade de Malta; master em Direito Europeu (Universidade de Exeter); doutoramento em Direito da Concorrência (Universidade de Londres); jurista no Ministério da Justiça (1987-1990); jurista principal no Ministério dos Negócios Estrangeiros (1990-1994); membro do Copyright Board (Comissão dos Direitos de Autor) (1994-2005); jurista revisor no Ministério da Justiça e das Coletividades Locais (2001-2002); administrador da Malta Resources Authority (Autoridade de Gestão dos Recursos de Malta) (2001-2009); consultor em Direito Europeu (desde 1994); consultor em Direito da Concorrência e do Consumo no Ministério das Finanças, da Economia e dos Investimentos (2000-2010); consultor em Direito da Concorrência e do Consumo do Primeiro Ministro (2010-2011), consultor da Malta Competition and Consumer Affairs Authority (Autoridade Maltesa da Concorrência e do Consumo) (2012); assistente (1994-2001), encarregado de curso (2001-2006), em seguida professor associado (desde 2007) e titular da cátedra Jean Monnet em Direito Europeu (desde 2009) na Universidade de Malta; cofundador e vice presidente da Maltese Association for European Law (Associação Maltesa de Direito Europeu); juiz no Tribunal Geral desde 8 de outubro de 2012.

Egidijus Bieliūnas
Egidijus Bieliūnas

Nascido em 1950; licenciado em Direito pela Universidade de Vilnius (1973); doutoramento em Direito (1978); assistente, regente e em seguida encarregado de curso na Faculdade de Direito da Universidade de Vilnius (1977-1992); consultor no Departamento Jurídico do Seimas (Parlamento) da República da Lituânia (1990-1992); consultor na Embaixada da Lituânia na Bélgica (1992-1994); consultor na Embaixada da Lituânia em França (1994-1996); membro da Comissão Europeia dos Direitos do Homem (1996-1999); juiz no Tribunal Supremo da Lituânia (1999-2011); encarregado de curso da cátedra de Direito Penal na Universidade de Vilnius (2003-2013); representante da República da Lituânia junto do órgão de Controlo Comum da Eurojust (2004-2011); juiz no Tribunal Constitucional da República da Lituânia (2011-2013); juiz no Tribunal Geral desde 16 de setembro de 2013.

Viktor Kreuschitz
Viktor Kreuschitz

Nascido em 1952; doutor em Direito pela Universidade de Viena (1981); funcionário da Chancelaria Federal, Serviço dos Assuntos Constitucionais (1981-1997); consultor no Serviço Jurídico da Comissão Europeia (1997-2013); juiz no Tribunal Geral desde 16 de setembro de 2013.

Ignacio Ulloa Rubio
Ignacio Ulloa Rubio

Nascido em 1967; licenciatura em Direito com distinção (1985-1990) e estudos de doutoramento (1990-1993) na Universidade Complutense, Madrid; magistrado do Ministério Público em Girona (2000-2003); consultor jurídico e consultor na área dos Direitos Humanos da Autoridade Provisória da Coligação, Bagdad, Iraque (2003-2004); juiz de primeira instância e juiz de instrução (2003-2007); em seguida magistrado (2008); subdiretor da Missão Integrada da União Europeia para o Estado de Direito no Iraque EUJUST LEX-Iraque no Conselho da União Europeia (2005-2006); consultor jurídico do Tribunal Constitucional espanhol (2006-2011 e 2013); secretário de Estado da segurança (2012-2013); perito civil em matéria do Estado de Direito e da Reforma do Setor da Segurança do Estado do Conselho da União Europeia (2005-2011); perito externo em matéria de Direitos Fundamentais e Justiça Criminal da Comissão Europeia (2011-2013); professor e autor de numerosas publicações; juiz no Tribunal Geral desde 16 de setembro de 2013.

Lauri Madise
Lauri Madise

Nascido em 1974; licenciado em Direito (Universidades de Tartu e de Poitiers); consultor no Ministério da Justiça (1995-1999); chefe do Secretariado da Comissão Constitucional do Parlamento estónio (1999-2000); juiz no tribunal de segunda instância de Tallin (desde 2002); membro da Comissão dos Exames da Magistratura (desde 2005); participação em trabalhos legislativos em Direito Constitucional e em Direito Administrativo; juiz no Tribunal Geral desde 23 de outubro de 2013.

Ian Stewart Forrester
Ian Stewart Forrester

nascido em 1945; diplomas da Universidade de Glasgow (MA 1965, LLB 1967) (História e Literatura Inglesa, Direito); licenciatura em Direito Civil da Universidade Tulane da Louisiana (MCL 1969); inscrição na Ordem dos Advogados da Escócia (1972) e na Ordem dos Advogados de Nova Iorque (1977); nomeação como Queen’s Counsel (1988); inscrição na Ordem dos Advogados de Inglaterra e do País de Gales (1996) e na Ordem dos Advogados de Bruxelas (1999); exercício da profissão de advogado inscrito nas Ordens dos Advogados de Edimburgo, Bruxelas, Londres e Nova Iorque; professor convidado (1991) e doutor honoris causa (2009) na Universidade de Glasgow; bencher de Middle Temple (2012); árbitro na Câmara de Comércio Internacional (CCI), no Centro internacional para a resolução de diferendos relativos aos investimentos (CIRDI) e no Tribunal Arbitral do Desporto (TAS); autor de numerosas publicações; juiz no Tribunal Geral desde 7 de outubro de 2015.

Constantinos Iliopoulos
Constantinos Iliopoulos

Nascido em 1948; licenciado em Direito pela Universidade de Atenas (1971); licenciado em Ciências Económicas (estudos pós universitários) pela Universidade de Economia de Atenas (1974); inscrição na Ordem dos Advogados de Atenas (1973); doutor em Direito da Universidade de Hamburgo (1984); advogado (1973-2016); professor de Direito Económico Internacional e Europeu (2007-2015) e professor no programa de master em Direito Internacional e em Direito Europeu da Energia (2015-2016) na Faculdade de Direito da Universidade da Trácia; assistente (1980-1984), regente (1992-2006) e professor convidado (2015) na Faculdade de Direito da Universidade de Hamburgo; membro da Comissão helénica da Concorrência (1992-2006); consultor jurídico do Ministro do Desenvolvimento Económico e da Energia (2007-2009); consultor jurídico nomeado pelo Governo da República de Chipre (2002-2003); membro do conselho de administração do Centro para o Direito Internacional e Europeu Económico de Salónica (2005-2011); tesoureiro (1987-2000) e secretário geral (2000-2016) da Associação helénica para o Direito Europeu; membro fundador e secretário geral da Associação helénica para o Direito da Energia (2012-2016); vice-presidente da Associação germano-helénica de juristas (Hamburgo) (1987-2016); secretário geral da Associação greco alemã de juristas (Atenas) (1990-2016); autor de numerosas publicações; juiz no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

Leopoldo Calvo-Sotelo Ibáñez-Martín
Leopoldo Calvo-Sotelo Ibáñez-Martín

Nascido em 1957; licenciado em Direito pela Universidade Complutense de Madrid (1979) e master na Fletcher School of Law and Diplomacy da Universidade de Tufts (Estados Unidos) (1985); professor de Direito na Universidade CEU San Pablo (1985-1993); letrado no Consejo de Estado (1983-1996); secretário geral do Center for the Advanced Study in the Social Sciences da Fundação Juan March (1991-1996); sub secretário no Ministério da Administração Interna (1996-2001); jurista de empresa (2001-2003); advogado (2004-2005); diretor do master em Relações Internacionais e professor de Direito no Instituto de Empresa (2007-2013); letrado mayor no Consejo de Estado (2005-2016); juiz no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

Dean Spielmann
Dean Spielmann

Nascido em 1962; licenciado em Direito pela Universidade Católica de Lovaina (1988) e Master of Laws pela Universidade de Cambridge (1990); assistente de investigação na Universidade Católica de Lovaina (1991-1997); advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Luxemburgo (1989-2004); membro dos Comités dos Direitos do Homem e de Direito Penal do Council of Bars and Law Societies of Europe (CCBE) (2002-2004); membro da Rede da União Europeia de peritos independentes em matéria de Direitos Fundamentais (2002-2004); membro da Comissão consultiva dos Direitos do Homem no Luxemburgo (2000-2004); juiz (2004-2015), presidente de secção (2011-2012), vice-presidente (2012), e em seguida presidente (2012-2015) do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem; regente associado na Universidade do Luxemburgo (1996-2006); professor na Universidade Nancy 2 (1997-2009); membro do Institut grand-ducal, departamento das Ciências Morais e Políticas (desde 2002); Honorary Fellow do Fitzwilliam College da Universidade de Cambridge (desde 2013); Honorary Bencher do Gray's Inn em Londres (desde 2013); professor honorário na University College da Universidade de Londres (desde 2013); membro de comités científicos de diversas revistas jurídicas; autor de numerosas publicações; juiz no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

Virgilijus Valančius
Virgilijus Valančius

Nascido em 1963; licenciado em Direito pela Universidade de Vilnius (1986); doutor em Direito (2000); obtenção do título de agregado (2008); procurador (1986-1990); juiz (1991-1994) e vice-presidente (1993-1994) do Tribunal de primeira instância de Vilnius; juiz e presidente da secção cível (1995-2002) do Tribunal de Segunda Instância da Lituânia; juiz (2002-2013) e presidente (2002-2008) do Tribunal Administrativo Supremo da Lituânia; regente na Universidade de Vilnius (1997) e na Universidade Mykolas Romeris (1998-2000); professor associado (2000-2008), chefe do departamento de Processo Civil (2002-2006) e professor (desde 2008) na Universidade Mykolas Romeris; presidente da Associação Europeia de Magistrados (AEM) (2006-2008); vice-presidente da União Internacional dos Magistrados (UIM) (2006-2014); membro do Conselho consultivo dos juízes europeus (CCJE) (2000-2014); membro do conselho de administração da association des Conseils d'État et des juridictions administratives suprêmes de l'Union européenne Associação dos Conselhos de Estado e das Jurisdições Administrativas Supremas da União Europeia (ACA-Europe) (2010-2013); membro do comité consultivo da Academia de Direito Europeu (ERA) (2008-2011); juiz no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

Zoltán Csehi
Zoltán Csehi

Nascido em 1965; licenciado em Direito pela Universidade Loránd Eötvös de Budapeste (1990), em História de Arte (1992) e Master of Laws da Universidade de Heidelberg (1991); doutor em Direito (2004); advogado inscrito da Ordem dos Advogados de Budapeste (1995-2016); professor associado de Direito (1991-2005) e professor de Direito (2005-2016) na Universidade Loránd Eötvös; chefe do departamento de Direito Comercial (2007-2013), em seguida chefe do departamento de Direito Privado e Comercial e professor (2013-2016) na Universidade Católica Péter Pázmány de Budapeste; professor convidado da Universidade Católica de Lyon (2013-2016); árbitro no Tribunal de Arbitragem permanente associado à bolsa húngara e árbitro ad hoc (2004-2016); juiz no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

Nina Półtorak
Nina Półtorak

Nascida em 1971; licenciada em Direito pela Universidade Jagellonne de Cracóvia (1995); doutor em Direito (2001); professora com o grau habilitacja em Ciências Jurídicas (2011); professora associada (2003-2013) em seguida professora (desde 2013) na cátedra de Direito da União Europeia da Universidade Jagellonne; diretora de programas dos estudos pós-universitários em Direito da União Europeia da Universidade Jagellonne (2006-2013); Visiting Scholar na Universidade de Oxford (1998) e no Instituto Universitário Europeu de Florença (2005); inscrita na Ordem dos Advogados de Cracóvia (2000); consultora jurídica (2000-2012); juíza no Tribunal administrativo regional de Cracóvia (2012-2016); destacada junto do Tribunal Administrativo Supremo da República da Polónia (2014-2016); diretora do departamento de Direito Europeu do Tribunal Administrativo Supremo (2013-2016); autora de numerosas publicações em Direito Europeu; juíza no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

Anna Marcoulli
Anna Marcoulli

Nascida em 1974; licenciada em Direito pela Universidade de East Anglia (1995) e Master of Laws da Universidade de Bristol (1996); inscrita na Ordem dos Advogados de Chipre (1997); membro do Serviço Jurídico da República de Chipre, a feta ao departamento de Direito da União Europeia (1998-2008); perita nacional destacada na divisão «Investigação e Documentação» do Tribunal de Justiça da União Europeia (2005-2007); consultora jurídica da presidência cipriota do Conselho da União Europeia (2012); membro do serviço jurídico da Comissão Europeia (2008-2016); juíza no Tribunal Geral desde 13 de abril de 2016.

 

Peter George Xuereb
Peter George Xuereb

nascido em 1954; licenciado em Direito pela Universidade de Malta (1977), Master of Laws pela Universidade de Londres (1979); doutor em Direito (Universidade de Cambridge, 1982); consultor jurídico no setor privado, em seguida do Parlamento de Malta (1993-2016); professor e responsável pelo Departamento de Direito Europeu e de Direito Comparado da Universidade de Malta (1993-2016); presidente da Associação Maltesa de Direito Europeu; autor de numerosas publicações; juiz no Tribunal Geral desde 8 de junho de 2016.

Fredrik Schalin
Fredrik Schalin

nascido em 1964; licenciado em Direito pela Universidade de Estocolmo (1991) e pela Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (1990 e 1994); inscrito na Ordem dos Advogados de Estocolmo (2008); referendário no Tribunal de primeira instância de Södertälje e no Tribunal de segunda instância de Svea (1991-1993 e 1994-1995); juiz nos tribunais de primeira instância de Gotland e de Norrtälje (1995-1996); juiz no Tribunal de segunda instância de Svea (1996-1997); secretário adjunto da Comissão Parlamentar do Ministério das Finanças (1997-1998); consultor jurídico para os Assuntos Europeus no Ministério dos Negócios Estrangeiros (1999); referendário no Tribunal de Justiça da União Europeia (1998 e 1999-2006); jurista, em seguida advogado (2006-2008); juiz (2009-2016) e presidente de secção (2012-2015) no Tribunal de primeira instância de Södertörn; professor na Universidade de Estocolmo (2006-2008); professor na Academia dos órgãos jurisdicionais suecos (2011-2016); juiz no Tribunal Geral desde 8 de junho de 2016.

Inga Reine
Inga Reine

nascida em 1975; licenciada em Direito pela Universidade da Letónia (1996); master do Centro Interuniversitário Europeu para os Direitos do Homem e para a Democratização (EIUC) (Itália, 1998); jurista no Instituto Letão dos Direitos do Homem (1995-1999); consultora da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) [missão no Kosovo (1999-2002) e missão no Montenegro (2002-2003)]; jurista no Ministério dos Negócios Estrangeiros e representante do Governo junto das organizações internacionais especializadas nos Direitos do Homem (2003-2012); chefe de divisão (2012-2015) e consultora jurídica (2012-2016) na Representação Permanente da Letónia junto da União Europeia; membro do comité diretor para os Direitos do Homem (CDDH) do Conselho da Europa (2003-2012); juíza no Tribunal Geral desde 8 de junho de 2016.

Ezio Perillo
Ezio Perillo

nascido em 1950; doutor em Direito e advogado em Pádua; assistente e em seguida investigador confirmado em Direito Civil e Comparado na Faculdade de Direito da Universidade de Pádua (1977-1982); regente da cadeira de Direito Comunitário no Collegio Europeo (Parma, 1990-1998), nas Faculdades de Direito das Universidades de Pádua (1985-1987), de Macerata (1991-1994), de Nápoles (1995) e na Università Statale de Milão (2000-2001); membro do Comité científico do "Master in European integration" na Universidade de Pádua; funcionário na direção Biblioteca, Investigação e Documentação do Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias, (1982-1984); referendário do advogado‑geral G. Federico Mancini no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1984-1988); consultor jurídico do secretário‑geral do Parlamento Europeu Enrico Vinci (1988-1993); chefe de divisão do serviço jurídico do Parlamento Europeu (1995-1999); diretor dos assuntos legislativos e das conciliações, das relações interinstitucionais e das relações com os Parlamentos nacionais do Parlamento Europeu (1999-2004); diretor das relações externas do Parlamento Europeu (2004-2006); diretor dos assuntos legislativos no serviço jurídico do Parlamento Europeu (2006-2011); autor de várias publicações em Direito Civil italiano e em Direito da União Europeia; juiz no Tribunal da Função Pública de 6 de outubro de 2011 a 31 de agosto 2016; juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

René Barents
René Barents

nascido em 1951; licenciado em Direito e licenciado especial em Economia (Universidade Erasmus de Roterdão, 1973); doutor em Direito (Universidade de Utrecht, 1981); investigador em Direito Europeu e em Direito Internacional Económico (1973-1974) e professor das cadeiras de Direito Europeu e de Direito Económico no Instituto Europa da Universidade de Utrecht (1974-1979) e na Universidade de Leiden (1979-1981); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1981-1986), chefe da secção «Direitos Estatutários» na Divisão do Pessoal do Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1986-1987); membro do Serviço Jurídico da Comissão das Comunidades Europeias (1987-1991); referendário no Tribunal de Justiça (1991-2000); chefe de divisão (2000-2009) e em seguida diretor na Direção "Investigação e Documentação" do Tribunal de Justiça da União Europeia (2009-2011); professor titular (1988-2003) e professor honorário (desde 2003) em Direito Europeu na Universidade de Maastricht; consultor no Tribunal de recurso de 's Hertogenbosch (1993-2011); membro da Academia Real das Ciências dos Países Baixos (desde 1993); numerosas publicações em matéria de Direito Europeu; juiz no Tribunal da Função Pública de 6 de outubro de 2011 a 31 de agosto de 2016; juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Ricardo da Silva Passos
Ricardo da Silva Passos

nascido em 1953; licenciado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa (1975); diplôme d’études approfondies da Universidade de Estrasburgo (1978); Master of Laws da Universidade de Harvard (1984); Subdelegado do procurador da República no Tribunal da Comarca de Cascais (1975-1976); jurista no secretariado da Comissão Europeia dos Direitos do Homem (1978-1986); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1986-1987); chefe de divisão no secretariado da Comissão Jurídica e dos Direitos dos Cidadãos do Parlamento Europeu (1988-1999); membro do secretariado da Convenção sobre o Futuro da Europa (2002-2003); chefe de unidade no Serviço Jurídico do Parlamento Europeu (1999-2010); diretor dos Assuntos institucionais e parlamentares no Serviço Jurídico do Parlamento Europeu (2010-2016); juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Paul Nihoul
Paul Nihoul

nascido em 1963; licenciado em Direito pela Universidade Católica de Lovaina (1988); Master of Laws da Universidade de Harvard (1989); doutor em Direito (1998); licenciado em Filologia (1984) e em Filosofia (1984) pela Universidade Católica de Lovaina; referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1991-1995); investigador na Universidade Católica de Lovaina (1995-1999); professor na Universidade de Groningen (1999-2001) e em seguida na Universidade Católica de Lovaina (2001-2016); professor convidado de várias universidades, nomeadamente Paris-Dauphine (2013-2016); presidente da Academic Society for Competition Law (2013-2016); editor‑chefe de várias revistas jurídicas; juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Barna Berke
Barna Berke

nascido em 1966; licenciado em Direito pela Universidade Loránd Eötvös de Budapeste (1990); Master of Laws da Universidade de Estocolmo (1995); advogado inscrito na Ordem dos Advogados de Budapeste; consultor jurídico do Parlamento húngaro no âmbito do processo de adesão da Hungria à União Europeia (1994-1996 e 2002-2004); referendário do presidente do Tribunal Constitucional húngaro (1997-2000); vice-presidente da Autoridade da Concorrência, em seguida presidente do Conselho da Concorrência (2000-2002); árbitro no Tribunal de arbitragem permanente dos mercados financeiros e dos mercados de capitais (2008-2014); regente de curso (1990-1994); professor (1995-1999), em seguida professor associado (2003-2016) na Universidade Loránd Eötvös de Budapeste; Secretário de Estado para a cooperação judiciária europeia e internacional do Ministério da Justiça (2014-2016); juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Jesper Svenningsen
Jesper Svenningsen

Nascido em 1966; estudos de Direito (Candidatus juris), Universidade de Aarhus (1989); advogado estagiário no gabinete do consultor jurídico do Governo dinamarquês (1989-1991); referendário no Tribunal de Justiça no gabinete do advogado-geral C. C. Gulmann (1991-1993); admissão à Ordem dos Advogados da Dinamarca (1993); advogado no gabinete do consultor jurídico do Governo dinamarquês (1993-1995); regente da cadeira de Direito Europeu na Universidade de Copenhaga; professor no Instituto Europeu de Administração Pública (EIPA), (1995-1997); advogado em Bruxelas (1997); professor e em seguida diretor interino do EIPA (Luxemburgo, 1997-1999); administrador no Serviço Jurídico da Autoridade de Fiscalização AECL (1999-2000); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias no gabinete do juiz C. C. Gulmann (2003 a 2006), e em seguida do juiz L. Bay Larsen (2006 a 2013); juiz no Tribunal da Função Pública de 7 de outubro de 2013 a 31 de agosto de 2016; juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Ulf Christophe Öberg
Ulf Christophe Öberg

nascido em 1966; licenciado em Direito pela Universidade de Estocolmo (1991); diploma de tradução jurídica franco‑inglesa da Universidade de Paris II, Panthéon-Assas (1991); diplôme d’études supérieures spécialisés da Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (1992); diploma do Institut d’études politiques de Paris (1993); investigador na Agência de Investigação da Defesa Nacional sueca (1992 e 1994); participação no programa de formação dos funcionários públicos suecos (1993-1994); consultor jurídico para os assuntos europeus do Ministério dos Negócios Estrangeiros (1994-1995); referendário no Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias (1995-2000); regente de curso na Universidade de Estocolmo (2000-2016); jurista (2001-2006), em seguida advogado (2006-2016); juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Octavia Spineanu-Matei
Octavia Spineanu-Matei

nascida em 1967; licenciada em Direito pela Universidade Alexandru Ioan Cuza de Iaşi (1990); doutor em Direito (1999); juíza no Tribunal do setor 4 de Bucareste (1991-1996); juíza (1996-1999) e presidente de secção (1997-1999) no Tribunal de Bucareste; juíza (1999-2005) e presidente de secção (1999-2003) no Tribunal de Segunda Instância de Bucareste; membro da Grande Secção dos Recursos do Instituto Europeu de Patentes (2006-2016); formadora e em seguida diretora do Instituto Nacional da Magistratura (2011-2016); juíza no Supremo Tribunal de Cassação e de Justiça da Roménia (2006-2016); membro do Conselho Científico do Instituto Nacional da Magistratura e do Conselho de Direção da Escola nacional dos secretários judiciais (2011-2016); membro eleito do conselho da Escola Doutoral da Universidade de Bucareste (2012-2016); juíza no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Maria José Costeira
Maria José Costeira

nascida em 1967; licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra (1991); estudos pós‑universitários em Direito da Propriedade Intelectual na Universidade Clássica de Lisboa (2001); advogada estagiária (1991-1992); auditora de justiça (1992-1995); juíza dos tribunais de comarca (1995-1997); juíza no Tribunal de Comércio de Lisboa (1999-2016); juíza no Tribunal da Relação de Coimbra (2016); atividade de ensino do Direito em várias universidades portuguesas e no Centro de Estudos Judiciários; secretária‑geral (2012-2015) e em seguida presidente (2015-2016) da Associação Sindical dos Juízes Portugueses; juíza no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Jan M. Passer
Jan M. Passer

nascido em 1974; licenciado em Direito pela Universidade Carlos de Praga (1997) e Master of Laws da Universidade de Estocolmo (2000); doutor em Direito (2007); regente da cadeira de Direito da União Europeia na Universidade Carlos de Praga (2001-2003) e na Academia de Justiça da República Checa (2001-2016); auditor de justiça no Tribunal de comarca de Praga (1997-2001); juiz no Tribunal de Segunda Instância de Praga 2 (2001-2005); juiz no Tribunal Administrativo Supremo da República Checa (2005-2016); regente de curso na Faculdade de Direito da Universidade Masaryk de Brno (2006-2016) e na Universidade Palacký de Olomouc (2014-2016); colaborador jurídico no Ministério da Justiça (2010-2016); juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Krystyna Kowalik-Bańczyk
Krystyna Kowalik-Bańczyk

nascida em 1976; licenciada em Direito pela Universidade de Gdańsk (1999); diplôme d’études approfondies da Universidade de Ciências Sociais de Toulouse (2000); Master of Laws em Direito Europeu do Colégio da Europa (2002); doutor em Direito (2004); regente da cadeira de Direito da União Europeia na Universidade Técnica de Gdańsk (2010-2016); professora (2006-2014), em seguida professora associada (2014-2016) no Instituto de Estudos Jurídicos da Academia das Ciências da Polónia; coedição e participação em várias revistas jurídicas; autora de numerosas publicações; juíza no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Alexander Kornezov
Alexander Kornezov

nascido em 1978; licenciado em Direito pela Universidade São Clemente de Ácrida, Sófia (2002) e LL.M em Direito Europeu no Colégio da Europa (Bruges, 2004); doutor em Direito (2008); advogado inscrito na Ordem dos Advogados de Bruxelas (2004-2006); professor de Direito Processual da União Europeia na Universidade de Economia Nacional e Mundial de Sófia (2008-2012) e na Universidade São Clemente de Ácrida, Sófia (2010-2013); professor associado de Direito da União Europeia e de Direito Internacional Privado na Academia búlgara das Ciências (desde 2014); regente de curso convidado na Universidade de Cambridge e na KU Leuven; referendário no Tribunal de Justiça (2007-2016); fundador e membro da direção da Associação búlgara de Direito Europeu; editor‑chefe do jornal de Direito Europeu Evropeiski praven pregled; autor de numerosas publicações em matéria de Direito Europeu; juiz no Tribunal da Função Pública de 13 de abril a 31 de agosto de 2016; juiz no Tribunal Geral desde 19 de setembro de 2016.

Emmanuel Coulon
Emmanuel Coulon

Nascido em 1968; estudos de Direito (Universidade Panthéon-Assas, Paris); estudos de Gestão (Universidade Paris-Dauphine); Colégio da Europa (1992); exame de acesso ao Centre regional de formation à la profession d'avocat de Paris; certificado de aptidão para o exercício da profissão de advogado no «barreau» de Bruxelas; exercício de profissão de advogado em Bruxelas; aprovado num concurso geral da Comissão das Comunidades Europeias; referendário no Tribunal Geral (gabinete do presidente A. Saggio, 1996-1998; gabinete do presidente B. Vesterdorf, 1998-2002); chefe de gabinete do presidente do Tribunal Geral (2003-2005); secretário do Tribunal Geral desde 6 de outubro de 2005.

.